divulgação

O novo Trailer de O Regresso

Leonardo DiCaprio, o renascido do inferno.

Está no ar o novo trailer de O Regresso (The Revenant), de Alejandro González Iñárritu, que deve estrear no Brasil em 4 de fevereiro e tem um cheiro danado de indicação ao Oscar para todos os envolvidos.

Como o trailer, apesar de bem bacana, não explica muito bem do que trata a história, aí vai uma palhinha. Leonardo DiCaprio faz Hugh Glass, um caçador de peles e pioneiro da expansão americana rumo ao Oeste (seu “território” era o que hoje são as Dakotas e o Missouri) que era um sujeito duro na queda. A saber: em 1823, durante um inverno rigorosíssimo (estima-se que nessa região, no século XIX, as temperaturas em certas ocasiões tenham despencado até os 80 graus Celsius negativo), ele sofreu ferimentos medonhos durante um ataque de uma fêmea de urso – uma perna quebrada, lacerações horríveis, rasgos nas costas que deixavam entrever as costelas. Seus companheiros de caça, interpretados no filme por Tom Hardy e Will Poulter, se comprometeram com o restante do grupo a ficar com Glass até ele morrer. Mas pegaram todas as armas e suprimentos do amigo, deixaram-no meio enterrado numa cova rasa e foram embora. Quando Glass recuperou a consciência, ele primeiro reduziu a própria fratura (dói só de imaginar). Para evitar a gangrena, punha larvas tiradas de troncos de árvores nos ferimentos, para que elas comessem o tecido infectado. E, assim, pôs-se a mancar e a se arrastar até a povoação mais próxima, a 300 quilômetros e várias tribos indígenas hostis dali.

Public Domain
Retrato de Hugh Glass

Se é dessa forma que Iñárritu vai contar a história, não há como ter certeza: pelo trailer, na sua marcha solitária Glass vai alimentado pelo ódio e pelo desejo de se vingar dos amigos traidores. Segundo consta, era essa mesmo a intenção de Glass – mas, por motivos vários, ele desistiu dela. O que se sabe, com certeza, é que a filmagem foi toda ela uma espécie de inferno: frio enregelante, esperas intermináveis, isolamento, desconforto extremo e brigas tornaram pesadíssimo o clima nas locações. O que todo cineasta acha, porém, é que, se essa aflição toda vazar para a tela, terá valido a pena.


Trailer

5 comentários em “O novo Trailer de O Regresso”

  1. Muito do clima ruim ficou por conta de Emmanuel Lubezki e Alejandro Iñárritu decidirem usar apenas luz natural nas locações e, também, por optarem pelos travellings (já presentes em Birdman). Num frio congelante, ficar esperando pela “luz perfeita” e refazendo cenas enormes, não deve ser muito legal. Porém, só pelo trailer, já podemos antever o estupendo trabalho de Lubezki, um dos grandes fotógrafos do cinema moderno. Só esperamos que as altas expectativas não sejam frustadas na sala de cinema. 🙂

    Curtir

    1. É, Marcio, você tem razão duas vezes: a primeira porque sim, as poucas horas de luz “certa” que eles tinham todos os dias complicaram muito a logística da filmagem. A segunda: inovar dá muito trabalho mesmo, tem que haver dedicação e coragem…

      Curtir

      1. Uzi, antes de mais nada, estou devendo uma resposta ao texto que você colocou no seu blog, e que me deixou muito emocionada. Só não publiquei ainda minha resposta aqui, com todas as honras, porque ando numa correria danada nestas últimas semanas e você não merece uma resposta apressada. E, sobre o seu comentário acima, é verdade, a Academia é especialista nesse tipo de coisa…

        Curtir

Deixe uma resposta para Isabela Boscov Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s