Em “Saint Maud”, o terror mora dentro da protagonista

Na impressionante estreia da diretora inglesa Rose Glass, o sinistro e o trágico se confundem em uma personagem soberbamente interpretada por Morfydd Clark

Assista aqui a resenha em vídeo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s