Meus 2 Centavos e Isabela falam de filmes de super-heróis

Ele lá, eu aqui, nós dois juntos: um bate-papo com Tiago Belotti

A cada meia dúzia de comentários no meu canal do YouTube, um elogia o Tiago Belotti, de Brasília, e suas críticas no canal Meus 2 Centavos. Com toda razão: o Tiago é fera. Pelo jeito, também andavam falando de mim para ele, porque o Tiago me convidou para participar de uma série nova que ele inaugurou, Meus 2 Cinemas, na qual ele discute um tópico qualquer com um colega de crítica. Aceitei no ato, porque tinha muita vontade de conhecê-lo pessoalmente (ou por Skype, no caso). E, nesta terça-feira à noite, passei uma hora absolutamente deliciosa conversando com o Tiago. Que, além de ser um baita crítico, é uma simpatia, e muito, muito bom de papo.

Clique para ver o vídeo. Tem até cliffhanger!

Tiago, convida mais, vai. Assunto não vai faltar.

13 comentários em “Meus 2 Centavos e Isabela falam de filmes de super-heróis”

  1. Bem, a explicação de Boscov sobre POR QUÊ ela desaprova o estilo de Zack Snyder é perfeitamente lógica — no sentido em que ele não se encaixaria na proposta da DC nem usaria os recursos explorados pela Marvel.

    O que eu mais admiro é a empatia e domínio absoluto de Boscov ao ponto de conseguir entrar na mente dos cineastas (“a Forma do Filme”), e principalmente a visão de cinema para compreender a filosofia do filme (“o Sentido do Filme”) como ensina mestre Eisenstein, a ponto de ela entender os erros e acertos e ver o que deveria ser feito para manter a coerência da proposta e potencial.

    Além da capacidade única de explicar essa visão ao público, usando metáforas perfeitas. A comparação com um museu é exata. Parabéns.

    Curtir

  2. Ótimo quadro. Sou muito fã de Isabela Boscov e embora não sou muito fã da críticas de Tiago, acho que eles fazem um ótima dupla, parabéns Tiago. Isabela tô com vc Zack Snyder não sabe filmar, essa mania de narcisismo dele compromete a emoção dos filmes. Considero a trilogia Capitão América os três melhores filmes da Marvel. Quanto aos filmes do X-men acho que dá empate o Primeira Classe com o X-men 2, O cavaleiro das trevas perfeito, embora eu goste muito, mas muito mesmo do primeiro Homem Aranha acho o 2 mais superior.

    Curtir

    1. Se “Zack Snyder não sabe filmar”, então Ed Wood e Cacá Diegues são os Reis da Sétima Arte! (alerta de sarcasmo) Falta vc convencer disso TODOS os chefes de estúdio e produtores que o contrataram para realizar os projetos mais ambiciosos, difíceis e complexos, começando por Christopher Nolan. Todos os filmes de Zack Snyder são extremamente desafiadores e cada vez mais intimidadores, como um Trabalho de Hércules. Afinal, ele venceu a concorrência até contra Paul Greengrass para filmar o “infilmável” WATCHMEN. E venceu todos os outros, sucedendo até o próprio Christopher Nolan ao tomar as rédeas da direção dos principais projetos da DC Filmes. Então se pode ver que o prestígio e reconhecimento do valor e do gênio do homem não pára de crescer. Portanto, a realidade dos fatos teima em refutar a sua opinião sobre Zack Snyder, o MELHOR Cineasta do Mundo. É o Único e Verdadeiro Homem de Cinema a saber contar uma estória e transmitir idéias exclusivamente com IMAGENS as mais belas e voluptuosas possíveis, quase tácteis, admiradas em câmeras lentíssima, como convém a toda verdadeira ARTE. Exatamente como ensina o Mestre dos Mestres, Sergei Eisenstein. Faço coleção de DVDs de todos os filmes de Zack Snyder.

      Curtir

    1. “Batman” de Tim Burton é um dos 10 Piores Filmes de Todos os Tempos, enquanto “Batman o Cavaleiro das Trevas” é um dos 10 Melhores.

      Comparar a atuação de Heath Ledger com a de Jack Nicholson é como comparar Marlon Brando com Lima Duarte.

      Curtir

    1. Bem, foi um pingue-pongue assimétrico. Um fã entusiasmado e uma profissional calejada. Um rapaz deslumbrado por super-heróis trocando figurinhas com a maior autoridade em Análise de Cinema no mundo. O vlogueiro que faz uma bela carreira no Youtube e a escritora que após décadas de carreira na grande imprensa do jornalismo impresso, expande seu domínio na internet. Um, divagando sobre a evolução natural da super-espécie nas telas com o entusiasmo de um menino. Outra, discorrendo sobre as camadas de mise-en-scène necessárias para um investimento eficaz em um filme verdadeiramente cinematográfico, e não um quadrinho filmado. Ele, fantasiado de The Flash; ela, fumando um cigarro na cozinha. Não consigo imaginar uma troca de idéias menos equilibrada.

      Curtir

      1. Poutz, o blog da Isabela é fantástico, mas os comentários são inabitáveis por conta desse Ernesto Ribeiro…

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s