divulgação

Os Invencíveis

Na tradição sempre audaz (e meio doida) do moderno cinema sul-coreano, o diretor Kim Ji-woon faz aqui uma criativa homenagem aos faroestes-espaguete – algo assim como um faroeste-lámen.

Na Manchúria dos anos 40, três renegados disputam um mapa de tesouro, em cujo encalço estão também forças chinesas e japonesas. Da mesma forma que outros bons cineastas coreanos, Ji-woon é um virtuose da ação; chega a sustentar tiroteios que se estendem por quase vinte minutos, sem se repetir nem cansar. Mas, também como eles, tem uma angústia primordial a exprimir com todo esse movimento: o mal-estar por um país tantas vezes ocupado e há tanto tempo dividido. O resultado, como em outros ótimos títulos vindos da Coreia do Sul (por exemplo, O Hospedeiro), é um híbrido instigante de entretenimento e cinema autoral.

Isabela Boscov
Publicado originalmente na revista VEJA no dia 10/06/2009
Republicado sob autorização de Abril Comunicações S.A
© Abril Comunicações S.A., 2009

Os Invencíveis
(The Good, the Bad, the Weird)
Coreia do Sul, 2008
Direção: Ji-woon Kim
Com Kang-ho Song, Byung-hun Lee, Woo-sun Jung

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s